28 janeiro 2016

Carta para te inspirar.

Você se surpreenderia como frequentemente o "E se..." funciona
Caro Leitor,

     As palavras, principalmente as que falam do futuro ou do passado, do que poderia acontecer são as mais aterrorizantes, " E se..." "Será que ..." "Como eu estaria se..." ela podem aterrorizar uma pessoa para sempre, elas são os fantasmas do que você poderia ter feito e não fez, são os sonhos que você não realizou e desistiu, é o futuro decepcionante, aquele que você não pôde ter. Essas palavras assombram nossas mentes, assombram nossa felicidade, assombram nossa memória, palavras tão pequenas e inofensivas que acabaram por mudar tudo, acabam por nos perseguir por uma vida. O que fazer então para não ser assombrado por este fantasma?
   Faça, não fique imaginando as coisas, concretize-as, não tenha medo de não dar certo, tenha medo de não saber como é, não tema o desconhecido, vá até ele, busque-o, grite por ele. Não fique no "E se.." não tenha medo de não dar certo, tenha medo de nunca saber como seria, tenha medo de ficar apenas no sonho por toda a sua vida, acredite que pode, busque, vá atrás, não deixe o mundo te dizer que não pode e que não pode, que não consegue, grite bem alto " Eu consigo", acredite em si mesmo, esse "E se..." guiou a humanidade, esse mesmo fez o homem descobrir terras novas, esse fez pessoas criarem coisas do seu dia-a-dia. Acredite na mudança, esse "E se..." pode ser sua chance de chegar onde sonha, normalmente nós chamamos de oportunidades, não fique na gaiola das certezas e tenha medo de voar, voar é uma das mais maravilhosas aventuras, quem não voa não vive. Pare de se perguntar e comece a fazer, você não será o primeiro e muito menos o último a ser chamado de maluco, doido, sem noção, mas a verdade é que os sem noções construíram o mundo que vivemos, suas ideias eram malucas, de loucos, eles persistiram e hoje são o que são, você só vence se inovar, não se prenda a mesmice, aprenda a voar.
   
                                                                                                            As palavras sinceras de uma                                                   
                                                                                                            sonhadora.